Alguém Perdeu

Novelas

Sinopse

Haverá limites para o amor de mãe?

Um gesto materno é sempre um ato de amor ou pode ser monstruoso?

MADALENA, empresária rica e poderosa do ramo da saúde, sente-se culpada pela morte do único neto, ocorrida acidentalmente na piscina da casa de família quando o menino estava ao seu cuidado. A morte da criança faz com que LEONOR, única filha de MADALENA, entre numa espiral de destruição e loucura, pondo em risco a sua carreira, assim como o seu casamento com o ambicioso BRUNO. A dor de LEONOR é ainda maior pelo facto de, devido a complicações ocorridas no parto do filho morto, não poder levar nenhuma outra gravidez até ao fim. Vendo a filha perder-se, e com o apoio do marido, RODRIGO, padrasto de LEONOR, MADALENA propõe à filha usar a sua barriga para que possa gerar um filho biológico para LEONOR e BRUNO, através de inseminação artificial. Mas esta gestação de substituição de mãe para filha, que tinha tudo para ser o maior ato de amor materno, além de ilegal acaba por se revelar de uma monstruosidade sem igual.

Numa história de emoções ao rubro, são abordados temas fraturantes, pertinentes e atuais da sociedade, como a marginalidade, o consumo de drogas, o feminismo exacerbado, a homossexualidade recalcada, o fenómeno do turismo em Portugal, a prostituição de luxo através de catálogos online, a fluidez de género e a súbita fama de fenómenos virais na Internet. Tendo Cascais como pano de fundo, ali se entrecruzam personagens humanas, com qualidades e defeitos. Esta é uma história de pessoas, de gente que acerta e erra, ama e odeia, na qual há sempre alguém que ganha e alguém que perde.

Ano

2019

Produtor

SP Televisão

Emissor

CMTV

PRESS KIT